Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O empreendimento Oportunidade Plantas Contato
Comstar
Center Park
Plus
DERIS
3/14/2010
Expresso em Nuvem integrará as três esferas do governo

Será lançado no dia 9 de dezembro, na sede do SERPRO, no DF, o Expresso em Nuvem, com a missão de oferecer comunicação integrada para os governos nas três esferas da administração pública por meio de cloud computing.

O Expresso em Nuvem será como um cardápio de serviços no qual o cliente escolherá, de forma simples, o que precisa. O modelo de cobrança será simplificado e, basicamente, se dará a partir da capacidade de armazenamento que o cliente solicitar e da quantidade de aplicativos selecionados. Essa capacidade de armazenamento dos usuários poderá variar entre Gigas a Megabytes, o que definirá o número de contas de e-mail para uma instituição.

Marcos Melo, responsável pela Coordenação da Solução Corporativa de Comunicação e Colaboração do Serpro, deu alguns exemplos de respostas operacionais ágeis características à computação em nuvem que poderão ser vantajosas para os clientes do Expresso. "Caso aconteça um aumento de usuários em uma empresa, todos os dias em um período determinado, ocorrerá uma busca de recursos automática para atender à elasticidade da demanda. Ocorrendo uma falha de um hardware, começará um movimento do pool de servidores para que uma máquina possa responder e manter a atividade em funcionamento", detalhou Melo.

O ideal de convergência da comunicação de todos os governos em uma ferramenta única que reúne aplicações como E-mail, Agenda, Catálogo de Endereços, Workflow, Mensagens Instantâneas e serviço de Voz sobre IP tem como base o uso da estrutura computacional subutilizada em entidades do governo. Depois do Serpro, a próxima empresa a colaborar com o Expresso em Nuvem será a Dataprev, que poderá ser seguida de várias outras. "Pensar em compartilhar serviços e infraestrutura do governo pode envolver instituições como a Caixa Econômica Federal e Petrobras. Mas desenvolver o sistema de bilhetagem (billing) será um desafio", comentou Melo.

*Com informações do SERPRO

 
Ensino mais f√°cil tecnologia
Shizen
Tabacaria da Serra
O empreendimento Oportunidade Plantas Contato